Nos vemos assim mesmo?

Olá amigos

Passado o período de festas pelo aniversário do Caldeirão de Idéias, estamos retomando nosso trabalho. Acabei de receber a revista Nova Escola e na matéria de capa está a chamada sobre “Como o professor vê a Educação”.

Dentre os pontos levantados pela pesquisa estão alguns indicadores que eu já sabia pela participação em fóruns e listas de discussão, onde o 53% têm no amor à profissão sua principal motivação, 63% trabalham no que gostam, 83% tem consciencia da importancia da profissão de professor e 80% já participaram de cursos de capacitação depois de formados como pontos positivos da pesquisa feita pelo IBOPE.

Mas ao mesmo tempo muitos responderam a pesquisa sobre suas “mazelas” de profissão, que até onde sei 63% (só?) relatam viver em nível de estresse significativo, 48% sentem falta de segurança nas escolas, 53% não estão satisfeitos com os benefícios, 47% com o salário e 47% com o a sobreposição de papeis( em relaçãoa familia dos alunos) e agora o mais aterrador apenas 21% estão satisfeitos coma profissão. Lembrando que em outras pesquisas o índice variava entre 40% e 60%, podendo chegar em até 80% em áreas consideradas privilegiadas.

As três maiores “sustos” da pesquisa foram a relação professor X aluno X escola. Fatores como culpar fatores externos, má formação inicial com pouca pratica didática-pedagógica e o abandono e falta de suporte da parte de cima do “comando”: Direção, Coordenadorias e Secretarias.

Foram detectados também que os principais problemas da sala de aula são: 77% ausência de pais no ambiente escolar, 70% desmotivação do aluno e 69% indisciplina e falta de atenção.

Outros levantamentos feitos pela pesquisa podem ser vistos no site do IBOPE e no site da Nova Escola, que ouviu 500 professores, de 25 a 35 anos pelo brasil afora. há também a postagem abaixo que cita a mencionada pesquisa. Mas uma coisa está martelando a minha cabeça: Estamos nos vendo tão mal assim? Com a palavra os professores.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

4 comentários sobre “Nos vemos assim mesmo?

  1. José Antonio Klaes Roig disse:

    Oi, Robson,e obrigado pela citação em teu banner. Não tinha percebido antes. Sabe como é, estamos sempre na correria. Rss Foi uma grata surpresa. Teu blog faz niver e eu que ganho o presnet da citação. kkk Muito obrigado mesmo. Um abração, do amigo Zé.

  2. José Antonio Klaes Roig disse:

    Oi, Robson, parabens pelo niver de teu blog,m sempre criativo e reflexivo, como todo blog educacional tem que ser. Um grande abraço, Zé.

  3. Maria Lucia disse:

    Caro amigo Robson
    É um privilégio ter um amigo e um colega de trabalho tão “antenado” com as questões atuais da educação. Espero em breve poder contribuir de maneira mais efetiva para esse “caldeirão efervescente”.
    Parabéns.
    Beijos
    Malu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s