>Etapas de aprendizagem

>Olá Amigos

No blog Letra Viva do Roig há uma postagem maravilhosamente escrita pelo meu amigo José Antônio Klaes Roig sobre a etapas de aprendizagem dos professores que querem entrar ou levar a informática para suas aulas.

No texto ele cita: “Tenho conversado com muitos colegas que atuam com a informática educativa, alguns on-line outros bem mais próximos, e todos têm a mesma concepção que a informática não é a solucionática para a educação. É uma ferramenta a mais para qualificação, valorização e mudanças de paradigmas.

Mas ela por si só não resolverá nada e ainda poderá de “solucionática” tornar-se uma prolemática, se a sua incorporação aos ambientes de ensino-aprendizagem não foram mediados por projetos que justifiquem seu uso…

Não basta apertar botões para que tudo se modifique, há não ser na ficção científica. No mundo real, a informática na educação deve seguir 4 fases distintas e progressivas:

1º) repetição, mecânica, de funcionamento do equipamento, como fazemos quando aprendemos a usar uma bicicleta, um carro, qualquer objeto;

2º) reprodução, depois de repetir e memorizar bem comandos, passa-se para a reprodução do que existe, de apresentações de slides, planilhas de cálculos, desenhos, etc.;

3º) produção, a partir do uso do ferramental, cria-se conteúdo próprio capturado por scanner, câmera, e outros que pode ser publicado em ambientes virtuais, como blogs, wiki, CDs, enviados por emails, servindo de apoio a colegas, alunos, etc;

4º) e última fase, ao meu ver, a interação com outros educadores criando projetos colaborativos, interdisciplinares e multidisciplinares, em que cada um contribui com uma especialidade e atividade.

Essa fase ainda não é tão divulgada, mas existe. É a fase mais delicada, pois requer planejamento total, de horários e até fuso-horários, dependendo do local onde o parceiro vive, mas é um caminho de infinitas possibilidades, dependendo da criatividade e empatia entre professores e alunos.”

É uma visão quase unanime entre os profissionais de educação que já utilizam a informatica em seus projetos educacionais.

Leia, Reflita e Comente, mesmo que contra, Opine.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

Obs.: A imagem a cima foi retirada do blog Microbio e foi tirada pelo Nuno Souza das pedras gastas de umas escadas da aldeia submersa de Vilarinho das Furnas em Portugal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s