Já conhece o RPG literário?


“No castelo de Messiter ou As torres de areia” é a primeira experiência de escrita criativa em colaboração do grupo de escritores do Rio Grande do Sul

O blog literário Role Poetic Games apropria-se da idéia de funcionamento dos RPGs, renovando a estratégia do jogo, para criar literatura. A idéia nasceu de um bate-papo no msn entre cinco amigos, que só se conhecem virtualmente apesar de morarem na mesma cidade, interessados em literatura e nas possibilidades das novas tecnologias da informação.

O educador José Antonio Klaes Roig, o Zé, foi o primeiro articulador do plano, que foi ganhando forma inicialmente nas conversas dele com os dois jovens poetas, Suelen e Leandro, acadêmicos da FURG em letras e em administração, respectivamente. Em junho de 2008 juntaram-se ao grupo Ana Matias, também acadêmica de letras, e Andréia Pires, mestranda em história da literatura, além do ilustrador Jouber Cunha, que ficou responsável pela parte gráfica da história.

O relato que marca a primeira experiência dos jogos poéticos virtuais, provisoriamente intitulado “As torres de areia”, começou com a ambientação da história no fragmento “Reino de estranhos”, de onde se desprenderam os primeiros personagens da trama. Nas primeiras rodadas do jogo, os escritores assumiram um ou mais personagem para desenvolver a narrativa, e em seguida passaram a incluir links nos textos para expandir as possibilidades significativas da história.

O blog literário Role Poetic Games é um projeto rio-grandino que pretende jogar com as realizações da escrita criativa a partir da colaboração de pessoas interessadas em escrever e em interagir via literatura. Algumas coordenadas básicas da história vão sendo combinadas na medida em que o relato avança, mas a maioria dos acontecimentos literários é fruto da criação dos participantes e conta com uma coerencia textual que é bem mais intuitiva do que estrategicamente pensada, o que dá mostras da imediata afinidade do grupo.

Os dados poéticos não páram de rolar e a história já está no 14º episódio. Para conferir, basta acessar: Role Poetic Games e aproveitar a leitura. O leitor também é parte importante desse jogo, e pode contribuir no espaço dos comentários com sugestões, avaliações, críticas, etc..

Interessante informar que cada um dos participantes mantém projetos literários individuais paralelamente às atividades do blog, que podem ser conferidos pelos links em seus nomes, a partir do Role Poetic Games. Ou aqui mesmo:

Zé edita o Controlverso
Ana cuida do A solidão nunca está sozinha
Su tem o Freakie in the sky
Leandro, o Bota limão
Jouber mantém o Canção do tempo
Andreia mantém o Soltícios

Fonte: http://miriadee.blogspot.com/2008/08/j-conhece-o-rpg-literrio.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s