10 Modos de se aprender em 2010

Aviso Importante!

Este texto (indicação da Suzana Gutierrez no Google Reader) é uma tradução livre do texto 10 Ways to Learn in 2010. O original se encontra aqui e todos os créditos do texto são do excelente blogue The Elearning Coach. (Thanks Connie Malamed for permission to translate!)

10 Modos de se aprender em 2010

maneiras para se aprender em 2010

maneiras para se aprender em 2010

Uau. Há muitas maneiras interessantes para se aprender online agora. O mundo todo é uma escola. Esta lista é destinada aos eternos aprendizes e para procrastinadores procurando distrações no ano que chega.

1. Aprenda mais através de Mecanismos Visuais de Pesquisa

Gostaria que seu mecanismo de pesquisa mostrasse os resultados como uma colagem? O Spezify faz exatamente isso. É um motor de busca visual que desenha o conteúdo de toda a Web, em particular, sítios-web de mídia social. Sua colagem pode mostrar um livro da Amazon, um vídeo do YouTube e uma página de um blogue ou sítio-web. Você arrasta os resultados para navegar na página e clica no gráfico para ver o resultado. Embora os resultados possam não ser tão robustos quanto os dos motores de busca convencionais, são muito mais divertidos. Outras ferramentas de busca visual incluem: Viewzi, Kart00 e Search-cube.

2. Aprenda a partir de Nuvens de Palavras

Como você pode pesquisar alguma coisa num sítio-web quando você não tem certeza do que existe por lá? Embora elas não sejam novidade, você já tinha utilizado as nuvens de palavras como uma ferramenta de aprendizagem? Se você for no Wordle e digitar a URL de um sítio-web ou a URL de um feed, você pode usar a nuvem de palavras como um índice para o sítio-web. Procure por palavras de interesse e então pesquise por estes artigos ou páginas.

Você também pode usar nuvens de palavras como base para escrever um poema, para estudar outro idioma e para a comparação de duas páginas de informações. Janet Clarey comparou dois artigos deste sítio-web com nuvens de palavras. Você também pode criar nuvens de etiquetas (tags) com TagCrowd e você provavelmente vai perceber que deveria existir uma tweetcloud.

3. Faça Perguntas

Embora os sítios-web de perguntas e respostas não sejam novidades na Web, estamos agora num ponto onde existem especialistas suficientes on-line e bastante sítios-web Q & A (Q&A sites) para se encontrar respostas mais adequadas. Alguns sítios usam a inteligência da multidões (crowd-source ) como fonte das respostas enquanto outros utilizam especialistas para responder as perguntas na sua área de especialização. Esses sítios-web também são ótimos para se navegar quando você está num estado de procrastinação.

Aqui estão alguns: Askville Amazon, Yahoo Answers, Answerbag, Gotta Mentor, BlurtIt e WikiAnswers (N.T. Brasigo). Para obter respostas para questões relacionadas com eLearning, tente um dos Grupos de eLearning no LinkedIn com grande adesão, como o eLearning Guild ou Design Instrucional & E-Learning Professionals’ Group. PSI (Para Sua Informação): Você sempre pode me lançar (N.T. para a autora original do texto!) uma pergunta através da página de contato e eu vou responder ou a inteligência das multidões o fará.

4. Pense Visualmente

Uma das melhores maneiras de se aprender é olhar as coisas sob uma nova perspectiva. Prezi pode ajudá-lo a fazer isto. É uma das ferramentas mais inovadoras para a criação não linear de apresentações. Dê uma olhada nos seus exemplos.

Expressar e organizar suas ideias em mapas mentais é uma outra abordagem para expandir ou mudar sua perspectiva. Tente estas ferramentas gratuitas de mapas-mentais on-line, algumas das quais são colaborativas: Mindmeister (confira os seus Mapas Mentais públicos), XMind e Mindomo.

5. Saia com os professores

Agora temos muitas opções para assistir gratuitamente cursos universitários online. Imagine uma grande palestra, sem provas, artigos ou prazos. Gostou. Confira o UC Berkeley Webcasts , que tem uma mistura de aulas em vídeo e audio e o MIT’s Open Courseware , que consiste de notas de aulas em PDF e algumas apresentações multimídia. A OpenLearn tem Espaços de Aprendizagens com notas de aula e foruns de discussão. Você também pode reutilizar e remixar os conteúdos para criar seus próprios cursos em seu laboratório. Outros cursos universitários abertos estão na Universidade Carnegie Mellon e na Universidade Tufts. Não se esqueça das palestras da Universidade de Oxford e Stanford no iTunesU.

6. Assista documentários

Se você gosta de aprender com documentários, você pode encontrar algumas versões livres no Get Docued, Free Online Documentários e Free Documentaries

7. Sintonize-se a Grandes Ideias

Discuta, observe e busque inspiração em alguns dos sítios-web que promovem idéias novas e inovadoras. Você provavelmente já viu os vídeos do Ted, mas e sobre Big Think, Fora.tv e Ideas Project?

8. Aprenda mais através do Twitter

Você sempre pesquisa nos tweets para descobrir as novidades mais recentes e sobre o que estão conversando? Pesquisa em tempo real é bem atual. Por exemplo, eu procurei por ‘e-learning’ (eu sei que sou um chato) e encontrei uma grande discussão sobre como ajudar os alunos a obter o máximo do eLearning. Você pode procurar diretamente no Twitter, mas dizem que os resultados são menos do que razoáveis. Outros motores de busca em tempo real com melhores avaliações são Twazzup, Tweetzi, IceRocket (pesquisas em outras mídias sociais também) e TweetScan.

9. Entre num debate

Aprenda sobre todos os pontos de vista de um problema através dos debates online. Debategraph usa uma ferramenta de visualização para mostrar a complexidade e os múltiplos aspectos das questões debatidas no mundo. Você pode começar na galeria (Gallery) e escolher um tema. Em seguida, selecione “Stream View” (link pequeno embaixo) para ver o debate. Você pode então analisar um tema e adicionar seu próprio ponto de vista. Confira também o Debate.org, onde você lê os debates e vota em um vencedor.

10. Crie um Mashup

Mashups te permitem combinar e remixar informações, mídias, conteúdos, aplicações web e serviços. Fazer um mashup te ajuda a perceber a informação de novas maneiras e é uma experiência de aprendizagem em si. Duas plataformas de mashup são o Pipes e o Scrapplet. O Pipes é uma ferramenta para manipular e remixar conteúdo e dados de todo um sítio-web via rss. Scrapplet utiliza uma abordagem de arrastar e soltar para fazer mashups de conteúdos, particularmente a partir de sítios de mídia social.

Como você pretende aprender on-line este ano?

Sem artigos relacionados.

Posts relacionados trazidos a você pelo Yet Another Related Posts Plugin.

Fonte: http://www.aprendendoemrede.info/10-modos-de-se-aprender-em-2010/

4 comentários sobre “10 Modos de se aprender em 2010

  1. Silvana Nunes .'. disse:

    Olá, boa tarde.Gostei de seu espaço, pretendo voltar mais vezes e dar uma lida com calma. Já vi que tem artigos interessantes.Que os bons ventos soprem a favor da Educação neste ano de 2010 porque a coisa está preta.FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER… aproveita para desejar um BOM FINAL DE SE<MANA.Saudações Florestais !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s