Tecnologia deve ser ALIADA e não SOLUÇÃO

Raphaella Marques de Carvalho

Em tempos de mudanças constantes na nossa sociedade, o conhecimento e a informação ultrapassaram as esferas globais para se tornarem altamente digitais. A escola que outrora era a grande fonte do saber, hoje é mais um canal de aprendizado. Nessa perspectiva, a problemática da Educação é compreender e replanejar as suas práticas pedagógicas diante do novo contexto social e digital em que os alunos e todos nós estamos vivendo. Esse novo formato ,segundo Araci Hack Catapan (2003), é um “mundo da comunicação digitalizada que se formaliza com maior agilidade, pois se sustenta na codificação da informação e na comunicação da mensagem por diferentes formas de linguagem.”( http://nourau.uniararas.br/pt_BR/document/?code=200 acessado em 10/01/2012)

A prática pedagógica nem sempre acompanha a velocidade da modernidade, no caso do século XXI, pois ainda temos muitas características do XIX e XX nas nossas salas de aula. Não que sejam obsoletos, porém, não podemos negar as atuais necessidades da sociedade que anseia por mais participação e colaboração, sobretudo, de maneira interativa e altamente digitalizada. Sabemos que o espírito inovador transita em cada geração de alunos e professores, pois o ser humano é criativo e ousado, mesmo com o receoso de alguns diante das novas ações. Para Marshall Berman (1984),

“Ser humano é viver uma vida de paradoxo e contradição. É sentir-se fortalecido pelas imensas organizações burocráticas que detêm o poder de controlar e frequentemente destruir comunidades, valores vidas; e ainda sentir-se compelido a enfrentar essas forças, a lutar para mudar o seu mundo transformando-o em nosso mundo. É ser ao mesmo tempo revolucionário e conservador: aberto a novas possibilidades de experiências e aventuras…” (p.13)

Sendo assim, acredito que os recursos multimídias e digitais podem ser aliados no planejamento escolar se utilizados significativamente para os alunos e sobretudo, desenvolvidos colaborativamente pelos alunos. A formação dos professores é fundamental para confiança no manuseio das ferramentas e adequação dos mesmos na elaboração dos projetos. Atualmente, temos mais variedade e qualidade de plataformas digitais, sites educacionais e ferramentas online. É interessante diversificar os recursos tecnológicos no planejamento das aulas, explorando o máximo dos conteúdos de todas as disciplinas.

Trabalho numa escola do município do Rio de Janeiro e a minha turma do 4ºano do Ensino Fundamental tem um blog (http://estudandoenavegando.blogspot.com.br ), onde publicamos as produções de sala de aula, disponibilizamos os recursos usados nas aulas e sugestões de sites educacionais para estudarem sozinhos. Exploro muitos sites, vídeos, músicas e a plataforma de aulas digitais da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, a Educopédia (www.educopedia.com.br ).

As atividades expostas no blog Estudando e Navegando são devidamente planejadas, procuro apresentar os trabalhos que estão vinculados aos recursos multimídia e /ou interdisciplinares. Planejar atividades dessa natureza exige mais pesquisas e uma avaliação mais criteriosa dos recursos que serão utilizados, o que no final demanda mais tempo. Atualmente, o computador é um material tão fundamental como um livro para desenvolver um planejamento mais interativo e atrativo para o aluno.

Administrar um blog educacional permite uma motivação por parte dos alunos nas suas produções, contribuiu para a integração e a valorização com a família em outros ambientes e permite um espaço de colaboração entre os docentes. Eles ficam muito contentes quando sabem que estão ganhando mais seguidores no blog e no twitter. A maioria dos alunos não está conectada nas suas casas, mas calculo uns 20%, que já estão no meu facebook e acompanham o blog. Eles estão “curtindo” estudar mais na internet, para eles, eu sou a professora “flex”, tudo que fazemos compartilho rápido!

É gratificante observar que os alunos estão gostando dessa nova relação comigo fora da sala de aula, pois sempre sugiro que eles acessem o blog para estudarem mais através dos sites e plataformas que ficam disponíveis nas postagens. Essa é a outra vantagem do blog, é possibilidade de deixar disponível “full time” todo material desenvolvido na sala de aula. Estamos numa nova caminhada, acredito que o fruto das novas práticas pedagógicas serão percebidas no futuro, mas uma coisa é certa, o mundo digital é mais real que qualquer coisa e precisamos utilizá-lo e reinventá-lo a favor da Educação.

Sobre a autora: Raphaella Marques de Carvalho, Graduada em História (UGF), especialista em História do Brasil(UCAM), Gestão Educacional (UCB), Docência Superior (AVM) e cursando a pós Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (UFF), Professora da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, Coordenadora do programa Educopédia da Subsecretaria de Novas Tecnologias Educacionais da SME-RJ , Curadora de Conteúdos das redes sociais da Educopédia e Moderadora do blog do programa. Atua na área de Informática Educacional desde 2003, tem experiência como produtora de material digital e projetos pedagógicos vinculados à informática educacional, consultora e oferece treinamentos em escolas particulares do RJ. Professora Blogueira premiada em 3º lugar no Troféu Rioeduca na categoria blog de professora promovido pela SME-RJ em 2011. Twitter: @RaphaellaClio; Facebook: raphaellamarquesdecarvalho ;
E-mail:
raphaellacarvalho@rioeduca.net ; Site oficial: http://www.raphaellamarques.com/  ; Blog: http://estudandoenavegando.blogspot.com.br

6 comentários sobre “Tecnologia deve ser ALIADA e não SOLUÇÃO

  1. Anderson Capelli disse:

    A tecnologia tem um papel fundamental na Educação, e vem se desenvolvendo cada vez mais, pois na minha época quem fazia sucesso era máquina de escrever depois de uns anos apareceu o computador com programas de office e internet, agora o sucesso da vez é o curso a distância com uma grande estrutura de tecnologia, onde você consegue interagir com professor, tutor e alunos.

  2. liliancapelli disse:

    Além do suporte que estas novas tecnologias oferecem para auxiliar o aprendizado, podemos considerar mais um ponto positivo: o surgimento de novas oportunidades no mercado de trabalho. São diversas profissões que surgem (tutor EAD, coordenador, equipe para produção de vídeo e conteúdo, equipe de suporte para ambiente virtual, designer para web aulas, etc.), e com elas a necessidade para especialização que resulta em cursos voltados para os profissionais que querem atuar com EAD. Enfim, a EAD promove o desenvolvimento tanto na educação quanto na economia.

  3. Raphaella Marques (@RaphaellaClio) disse:

    Regina, obrigada pelo carinho de sempre!!

    Alexandre, realmente temos que ousar sempre, mas acima de tudo,é necessário o domínio dos diferentes recursos que possam garantir a aprendizagem do aluno. Hoje é interessante usarmos as ferramentas digitais, sim, mas quando percebo que copiar um texto ou desenvolver um trabalho em grupo pode ser melhor para compreensão do conteúdo, também faço. Isso que é a grande interatividade e envolvimento do professor com aluno numa sala de aula, a exploração de materiais.
    Beijo grande, Raphaella

  4. Alexandre Rangel disse:

    Professora Raphaella
    Não temos dúvida, quanto a importância da Tecnologia como aliada, mas é uma aliada tão importante que vejo a mesma como parte das soluções dos problemas da Educação, tanto dentro das salas de aula quanto na gestão. As Escolas já não vivem mais sem matriculas e secretarias e departamentos administrativos que não contem com a fundamental importância da Tecnologia.
    Já com relação a sala de aula, tem momentos que determinadas tendências parecem ter coragem de aceitar, tem momentos que o conservadorismo e os paradigmas vencem.
    Mudanças necessitam de coragem e a Educação, as vezes fica com um pé no passado e outro no futuro. Ela quer o que não existe que é a certeza de não errar. Enquanto ela não tem a certeza, ela continua com a certeza de que continua errando, só que um erro histórico e já “aceito” pela sociedade.
    Entendo que Governos, Famílias, Profissionais são os que podem transformar a Educação mais rápido do que a própria Tecnologia. Mas quando essas forças estiverem atuando e puderem contar com a ajuda da Evolução Cientifica, acredito que encontraremos a solução.
    Um grande abraço de quem respeita a sua luta.
    Alexandre Rangel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s