Professora, eu quero jogar para aprender matemática, eu posso? Agora pode sim…

Olá amigxs

Ontem vagando sem rumo por ai nesse “universo de bits and bites” que a gente chama de internet, encontrei uma postagem do blog voltado para a Cultura Gamer, chamado Game Repórter (eles também estão no Facebook e no Google Plus) contando sobre jogos que são indicados para a aprendizagem de matemática em PDF que a Unesp disponibilizou na rede totalmente 0800.

Captura de tela de 2018-07-11 07-09-40.png

Tenho certeza que você já ouviu alguém falando essa frase de que “Matemática não é comigo”. Então, pois foi justamente pensando nas pessoas que tem uma maior dificuldade em aprender matemática que o Laboratório de Matemática da Unesp está disponibilizando em seu portal online mais de 50 jogos para colaborar com o aprendizado dos alunos. Os jogos podem ser impressos e trazem técnicas que desafiam a lógica, raciocínio e desenvolvimento cognitivo.

Captura de tela de 2018-07-11 06-17-04

O objetivo desse tipo de jogos não é focar somente na diversão e sim que os alunos busquem aumentar seu potencial, no desenvolvimento de novas habilidades. A Unesp criou o laboratório de matemática como um de seus inúmeros projetos de extensão para dar total suporte às aulas práticas de matemática.

O método segue a premissa da gamificação (a gente já falou sobre isso AQUI no Caldeirão de Ideias), ou seja, aprender jogando e se divertindo. E não funciona apenas com crianças não! Essa nova forma de aprendizado garante aos alunos maior autonomia e fornece condições suficientes para o aluno interpretar à sua maneira todo o conteúdo programático.

De acordo com a Unesp, os jogos em sala de aula colaboram para ampliar o poder de concentração do aluno, tornando o ambiente em sala de aula favorável à aprendizagem. Entre os inúmeros benefícios da gamificação está que o aluno encontra melhores sugestões para a solução de problemas, aumenta sua capacidade de autoquestionamento, desenvolve pensamento estratégico, melhora a memória e até um aumento na capacidade intelectual do aluno.

Na postagem original eles falaram de sobre os 8 jogos que a Unesp indica para melhorar a capacidade dos alunos em resolver problemas matemáticos. AQUI estão os jogos (com as regras de cada um e os tabuleiros) que disponibilizados para download em formato PDF, prontos para serem impressos, e se você é professor, pedagogo ou quer apenas participar mais ativamente na educação de seu filho, basta clicar e colocar a “mão na massa”.

Ah, os jogos foram organizados conforme a divisão do Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, e também do Ensino Médio. Vamos a eles:

Jogos do 1º ao 5º ano

1 — Sempre 10

É um tabuleiro com espaços para peças de 1 a 9. O objetivo do jogo é tentar encaixar as peças que no final deverão resultar em 10. A regra do jogo é que a soma das peças de cada linha seja 10.

As competências obtidas por meio desse jogo são habilidades de desenvolver cálculos, envolvendo operações de adição e subtração.

2 — Jogo dos pontinhos

O jogo consiste em uma folha de papel pontilhada. O objetivo desse jogo é somar mais pontos, sendo o máximo de 2 jogadores. A regra é traçar e unir os pontinhos até fechar um quadrado.

Esse jogo aumenta a capacidade de raciocínio lógico e agilidade na tomada de decisão.

3 — Feche a caixa

No tabuleiro, existem 40 casas enumeradas de 1 a 40. Será disponibilizado ao aluno 2 dados com faces diferentes. Um enumerado de 1 a 6 e outro enumerado de 1 a 10. O objetivo do jogo é rolar os dois dados e multiplicar o resultado total, ao passo que as equipes vão fechando as casas, ganha a equipe que fechar todas as casas do seu tabuleiro.

Esse jogo aumenta as competências e habilidades em desenvolver estimativa, cálculo mental envolvendo adição e multiplicação, e manipulação algébrica.

4 — Borboleta

O tabuleiro é composto por 12 espaços vazios e contém 9 peças vermelhas e 9 peças azuis. O objetivo desse jogo é capturar todas as peças do adversário. O jogo é parecido com o jogo de dama, onde o jogador vai movimentando as peças à frente até capturar as peças do adversário.

Aumenta o raciocínio lógico e intuitivo da criança.

UNESP 1 segmento

Jogos do 6º ao 9º ano

5 — Alquerque

O alquerque é formado por um tabuleiro de 25 casas dispostas em 5 fileiras de 5 casas cada uma e possui 4 linhas que ligas as casas medianas dos 4 lados do tabuleiro. Também são disponibilizadas 12 peças vermelhas e 12 peças azuis.

O objetivo é acumular mais peças do adversário. Esse jogo estimula o raciocínio lógico e intuitivo.

6 — Estrela mágica soma 26

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de estrela e o objetivo é preencher as casas do tabuleiro com peças enumeradas com os seguintes números: 1, 3, 4, 5, 8, 9, 10, 12. A soma em cada linha deve ser igual a 26.

O jogo desenvolve competências e habilidades de desenvolver estimativas e cálculo mental envolvendo adição e subtração.

UNESP 2 segmento

Jogos do Ensino Médio

7 — Jogo da corrente

O jogo consiste em um tabuleiro em forma de corrente com 19 casas e são disponibilizados aos participantes 18 peças vermelhas e 18 peças azuis. O objetivo do jogo é não marcar a última casa.

Esse jogo desenvolve habilidades de elaborar estratégias e desenvolver o raciocínio lógico e intuitivo.

8 — Pentaminós

O pentaminó é um quebra-cabeça geométrico. Consiste em um tabuleiro com espaços vazios. É disponibilizado aos participantes, peças em formatos geométricos estratégicos que precisam ser encaixados nos buracos vazios do tabuleiro.

O jogo aumenta habilidades de atenção, concentração, domínio das anatomias geométricas, noção de área e perímetro.

UNESP 3 segmento.png

Então, tem muita coisa para explorar e para se divertir ensinando a garotada, pois de onde saiu isso tem muito mais dentro dessa cartola da Unesp (Jogos no Ensino de Matemática, Oficinas de Matemática, CEJTA – Campeonato Escolar de Jogos de TabuleiroA Hora da MatemáticaPublicações Laboratório de MatemáticaEurekaHistória da MatemáticaArtigosSoftwares MatemáticosCurso de Matemática BásicaOficinas de Cubo Mágico) ou se quiser entre em contato com eles e veja o que você pode levar para a sua escola.

Bons jogos e uma excelente aprendizagem

Robson Freire

Um comentário sobre “Professora, eu quero jogar para aprender matemática, eu posso? Agora pode sim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s